10 raças de cachorro que crescem pouco

0
177

 A procura por raças de cachorro que crescem pouco está aumentando a cada dia que passa. O fato desta grande procura são casas e apartamentos pequenos, crianças no lar e menos trabalho.

            Mas é ai que você se engana, os cães pequenos, ou melhor os cães que crescem pouco, são cachorros que precisam das mesmas e as vezes até de mais atenção que um cão de porte grande.

            Muitas vezes, os cachorros de porte pequeno, são mais delicados e consequentemente a atenção, os cuidados e os tratamentos devem ser dobrados. Mas, isto não é motivo para desistir de adquirir um cão que cresce pouco e oferecer a ele muito amor e carinho.

            Por isso, listamos abaixo 10 raças de cachorro que crescem pouco, para você saber um pouco mais sobre cada um, confira!

1 – Micro Yorkshire Terrier: os Yorkies são muito dóceis, carinhosos e confiáveis. Além de serem pequenos, são excelentes cães de guarda.

O seu peso máximo pode chegar a 3.18 kg e sua altura varia de 23 e 24 centímetros.

2 – Boston Terrier: são cachorros que não necessitam de muitos exercícios físicos e são bem sensíveis a temperaturas climáticas, diante disso, é um cão completamente ideal para apartamento.

È muito dócil e amigável, porém, tudo o que encontra pela frente é capaz de destruir.

3 – Shih Tzu: os cães desta raça, são conhecidos como os melhores cães para se ter em uma família que possui crianças. Eles se dão muito bem com outros animais e são muito sociáveis.

Porém, devido ao fato de conterem uma pelagem densa, os cuidados diários com os mesmos são bem maiores.

4 – Pug: cães da raça Pug são conhecidos mais adoráveis e carismáticos, além de serem ótimos companheiros. Possuem uma pelagem fina, com face enrugada e cauda enrolada. Apesar disso, possuem um corpo com músculos bem aparentes.

Portanto, por conterem focinho curto, estão mais propensos ao ronco e respiração ofegante.

5 – Chihuahua: estes cães são os favoritos entre as famílias mais ricas, pois, além de serem pequenos, são amorosos, companheiros e possuem uma personalidade bem distinta.

São muito leais aos seus donos e algumas vezes agem como grandes protetores. Geralmente pesam entre 1.8 e 2.7 kg e possuem altura entre 15 a 23 centímetros.

6 – Bichon Frise: um cão descendente das raças Poodle e Water Spaniel, o Bichon Frise tem uma facilidade muito grande em conviver com crianças e com famílias, pois gosta de carinho, atenção e é um excelente companheiro.

Seu peso varia entre 4.5 e 9 kg, assim, podemos notar que é um cão ideal para viver em apartamentos ou dentro de casa.

7 – Lhasa Apso: o Lhasa Apso é uma espécie de cão que também não cresce muito, podendo alcançar até 25 centímetros de altura e pesar até 7 kg.

É um excelente cão de companhia, porém, na maioria das vezes se apega a apenas uma pessoa na família. Não é aconselhável para conviver com crianças pequenas e costuma latir com frequência.

8 – Pinscher Miniatura: este mini cão tem a altura máxima de 30 centímetros e seu peso pode chegar até aos 6 kg.  Possui personalidade forte, não é muito aconselhável para crianças pequenas e é bastante energético.

Por conter pouco pelo, é um cachorro que não precisa de muitas manutenções e pode conviver em vários locais da casa.

9 – Papillon: denominado assim por conta de suas orelhas se assemelharem a asas de borboleta, é um cão que contém apenas 28 centímetros de altura e apenas 5 kg de peso.

Cão muito ativo e que necessita de muitas atividades físicas. Além disso, devido ao fato de possuir pelos longos, não há necessidade de escová-lo todos os dias.

10 – Pequinês: a raça de cães Pequinês é uma raça bem antiga, já existe há mais de 4 mil anos. Estes cães possuem personalidade altiva e são bem independentes, além de serem completamente leais aos seus donos, portanto, são de difíceis adestramento e em alguns casos acabam sendo bem teimosos.

Porque adquirir cachorros de raças pequenas?

Uma resposta bem simples e óbvia a esta questão, é que a maioria dos cachorros pequenos, são muito fofinhos e engraçadinhos, porém, cachorros que não são de raças pequenas acabam crescendo e perdendo toda a graça que tinham quando menores.

Além disso, raças de cachorro que crescem pouco, geralmente são mais dóceis e mais fáceis de criar um convívio amoroso dentro de uma casa pequena.

E ai, o que você achou deste artigo onde mostramos as 10 raças de cachorro que crescem pouco? Continue seguindo os nossos artigos e confira agora mesmo o artigo sobre “Os 5 maiores gatos do mundo”!

FONTES UTILIZADAS

http://www.petmaxi.com.br/cachorros-pequenos/ http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/cachorros-pequeno-porte/ https://top10mais.org/top-10-menores-racas-de-caes-do-mundo/ http://www.adorocaes.com.br/cachorros-pequenos-que-nao-crescem